Acessos

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Quem foi Lemmy Kilmister? Notas Biograficas

Notas biográficas sobre Lemmy Kilmister lider da banda Mothoread

Lemmy nasceu no dia 24 de dezembro de 1945, na cidade inglesa de Burslem, com nome Ian Fraser Kilmister. Quando tinha apenas três meses de idade, seu pai, um capelão da Real Força Aérea Britânica, e sua mãe separaram-se. A origem do apelido Lemmy é atribuída à expressão que costumava usar na juventude para pedir dinheiro emprestado aos amigos e apostar em máquinas caça-níquéis. 

Em sua trajetória, Lemmy viveu e celebrou ao extremo a tríade sexo, drogas e rock'n'roll. Após abandonar a escola e trabalhar em diferentes empregos, ele decidiu encarar seriamente sua paixão pelo música após assistir a um show dos Beatles no mítico Cavern Club, em Liverpool. Começou a tocar em bares e juntou-se a grupos como o The Rockin' Vickers, da cidade de Blackpool. Já vivendo em Londres, arranjou o emprego dos sonhos: foi roadie de Jimi Hendrix. 

Após atuar em bandas como a psicodélica Sam Gopalser e ser demitido da progressiva Hawkwind por tocar rápido demais, Lemmy fundou o Motörhead em 1975, com Larry Wallis na guitarra e Lucas Fox na bateria, sendo este último logo substituído por Phil "Animal" Taylor ainda na gravação do primeiro disco da banda, On Parole, de 1975 – lançado apenas em 1979, quando o Motörhead já despontava como um dos expoentes do heavy metal britânico graças a trabalhos com o álbum homônimo de 1977, Overkill e Bomber, ambos de 1979. 

Em 1980 e 1982, o Motörhead lançou seus discos de maior sucesso, Ace of Spades e Iron Fist, consagrando nesses trabalhos a era de sua formação clássica, com Lemmy, Taylor e o guitarrista "Fast" Eddie Clarke.Uma das características mais marcantes do Motörhead como power trio rápido e furioso era a voz gutural de Lemmy e a sonoridade que ele extraia de seu baixo Rickenbacker em volume e distorção máximos. 

Lançado em 2010, o documentário Lemmy, de Greg Olliver e Wes Orshoski, com o sugestivo subtítulo 49% Motherf**ker, 51% Son of a Bitch, prestou tributo à carreira e à vida desregrada de um artista avesso à rotina de celebridades milionárias, que gostava de passar o tempo jogando videogame, colecionado memorabilia nazista e tomando litros de Jack Daniels com Coca-Cola. 
No filme, Lemmy desmente a lenda de que teria transado com duas mil mulheres — calcula em "apenas" mil —,
fala de traumas familiares e da morte de uma namorada por overdose. A lhe prestar reverência, aperecem nomes literalmente de peso, como Ozzy Osbourne, Dave Grohl, Joan Jett, Marky Ramone, Alice Cooper, Slash, Steve Vai, Lars Ulrich e Kirk Hammett.

A banda lançou em setembro 2015 o seu 22º album, Bad Magic. A previsão era de que a turnê em curso, comemorativa dos 40 anos de estrada, seguisse até o final de janeiro. A última apresentação do Motörhead foi dia 11 de dezembro, em Berlim.

A morte de Lemmy ocorreu dois meses após o ex-baterista do Motörhead, Phil Taylor, morrer, aos 61 anos. Taylor fez parte da formação clássica da banda, com Lemmy e o ex-guitarrista Eddie Clake nos períodos de 1975 a 1984 e de 1987 a 1992.

documentários 
Live Fast, Die Old
https://www.youtube.com/watch?v=Lfk0azZ1S9A

lemmy-49-motherfucker-51-son-of-a-bitch
http://www.verfilmesonlinegratis.info/lemmy-49-motherfucker-51-son-of-a-bitch/

tags: Mothöread, Lemmy Kilmister

O mundo do Metal está de luto- Morre Lemmy Kilmister do Motörhead

Lemmy Kilmister, líder do Motörhead, morre de câncer aos 70 anos


"Depois de tantas noticias falsas sobre a morte do Lemmy, eu não estava acreditando quando meu filho Daniel  bateu na porta do meu quarto por volta das 23:30 e anunciou : Adivinha quem morreu?!... Lemmy Kilmister, fiquei sem palavras, fiquei sem forças"  



Cantor descobriu câncer 'extremamente agressivo' no último sábado (26).
Ele era fundador, vocalista e baixista da banda britânica de heavy metal.

O líder da banda inglesa de heavy metal Motörhead, Lemmy Kilmister, morreu vítima de câncer nesta segunda-feira (28) em sua casa, aos 70 anos de idade. Segundo publicação na página oficial do grupo no Facebook, o vocalista e baixista descobriu no sábado (26) que sofria de uma forma "extremamente agressiva" da doença.
"Não há maneira fácil de dizer isso... nosso poderoso e nobre amigo Lemmy morreu hoje após uma curta batalha contra um tipo extramente agressivo de câncer", afirma a publicação. "Ele estava em sua casa, sentado em frente ao seu video game favorito com sua família."
O texto ainda afirma que trará mais informações nos próximos dias. "Por enquanto, por favor... toquem Motörhead BEM ALTO", pede.
Ian "Lemmy" Kilmister era membro fundador do Motörhead e o único fator constante na banda nos últimos anos. Ele havia completado 70 anos na última quinta-feira (24).
Quarenta anos depois de sua criação, a banda metaleira ainda tem um séquito de fãs fiel, graças à sua destruidora guitarra e à voz inconfundivelmente grave de Lemmy. Ao longo da carreira, lançaram cerca de 20 álbuns, alcançando 30 millhões de discos vendidos ao redor do mundo.
Reconhecível também pelas costeletas e as pintas no rosto, Lemmy era, há tempos, um dos maiores representantes do estilo roqueiro de vida. Dizia-se que costumava beber uma garrafa de whisky Jack Daniel's por dia.
O vocalista vinha enfrentado problemas de saúde há alguns anos. Entre outros, um diabetes do qual sofre há anos e que forçou o Motörhead a adiar uma turnê europeia em 2013.
Lemmy garantia ter parado de beber e que abandonou o cigarro. O Motörhead participava de uma longa turnê por América do Norte e Europa.
Em 2015, a banda chegou a cancelar ou encurtar diversas apresentações, inclusive sua participação no festival brasileiro "Monsters of Rock", em abril.
fonte g1.globo.com

diz baterista do grupo após morte de Lemmy Kilmister
Mikkey Dee relata ao jornal sueco "Expressen" que a morte de Lemmy Kilmister, também significou o fim da banda, anuncio nesta terça feira (29).


"Acabou, é claro. Lemmy era o Motörhead. Mas a banda seguirá viva na memoria de muitas pessoas", afirmou. " Não faremos mais turnês, nem haverá mais discos. Mas nossa marca sobrevive e Lemmy vive nos corações de todos."

Dee exaltou a coragem do amigo Lemmy que seguiu bravamente cantando e tocando enquanto sofria do câncer. A doença como dito acima foi diagnosticada no sábado dia (26) um dia depois do natal e dois dias após o seu aniversário de 70 anos.

acrescentou: " Ele esgotava toda a sua energia no palco, e depois, ficava muito cansado. É incrível como conseguia se apresentar".


Em Julho de 2013  ( há dois anos atras)
O estado de saúde do líder do Motörhead, Lemmy Kilmister, segue complicado. O baterista da banda, Mikkey Dee, disse que o músico "não está se recuperando tão bem". O músico de 67 anos sofreu uma série de problemas de saúde nas últimas semanas que forçaram o cancelamento de alguns shows do grupo e, posteriormente, de toda a turnê europeia da banda.


Dee conta que os problemas começaram depois que Lemmy sofreu uma queda que resultou no surgimento de um hematoma em seu quadril há cerca de uma semana. 



A situação se agravou quando o alarme anti-incêndio do hotel em que ele estava hospedado disparou, forçando-o a descer oito andares pela escadaria do local. O assistente pessoal do baixista disse que, ao chegar ao térreo, ele estava péssimo e com o quadril bastante machucado.



O baterista (de braços cruzados na foto ao lado) diz que Lemmy precisa drenar os líquidos que se acumulam no hematoma e que isso não pode ser feito de forma rápida. 



O problema maior é que, por estar constantemente de cama, o músico possa ser vítima de outras infecções oportunistas. "Ele pode facilmente pegar uma pneumonia", lembra Dee, que ainda conta como Lemmy está devastado com tudo o que está acontecendo. "[Isso é como] cortar as mãos de um pianista... é a vida dele."

Link:http://www.vagalume.com.br/news/2013/07/02/lemmy-nao-esta-se-recuperando-muito-bem-diz-baterista-do-motorhead.html#ixzz3vjKeXwOE

R.I.P. LEMMY


"A nossa forma de chorar sua morte é ouvindo muito alto seu trabalho de uma vida inteira.

Vamos beber o Lemmy!
Ontem por coincidência eu estava em uma resenha na casa do amigo Ricardo e víamos videos do Motörhead e falávamos sobre a saúde debilitada dele, das aventuras amorosas e do grande ícone do rock e Metal que Lemmy se transformou, bebíamos felizes sem saber que ele já havia partido. Recebi a noticia de morte dele quando cheguei em casa por volta das 23:30 horas. não tive forças para vir aqui escrever e divulgar para vocês.
Vai em paz queridão!
Vida longa ao Rock!

Da Redação:  Leda Rocker -  se sentindo triste :(



face oficial : Motörhead



Pelo Mundo

Publicidade

Pagina inicial