Acessos

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Quem foi Lemmy Kilmister? Notas Biograficas

Notas biográficas sobre Lemmy Kilmister lider da banda Mothoread

Lemmy nasceu no dia 24 de dezembro de 1945, na cidade inglesa de Burslem, com nome Ian Fraser Kilmister. Quando tinha apenas três meses de idade, seu pai, um capelão da Real Força Aérea Britânica, e sua mãe separaram-se. A origem do apelido Lemmy é atribuída à expressão que costumava usar na juventude para pedir dinheiro emprestado aos amigos e apostar em máquinas caça-níquéis. 

Em sua trajetória, Lemmy viveu e celebrou ao extremo a tríade sexo, drogas e rock'n'roll. Após abandonar a escola e trabalhar em diferentes empregos, ele decidiu encarar seriamente sua paixão pelo música após assistir a um show dos Beatles no mítico Cavern Club, em Liverpool. Começou a tocar em bares e juntou-se a grupos como o The Rockin' Vickers, da cidade de Blackpool. Já vivendo em Londres, arranjou o emprego dos sonhos: foi roadie de Jimi Hendrix. 

Após atuar em bandas como a psicodélica Sam Gopalser e ser demitido da progressiva Hawkwind por tocar rápido demais, Lemmy fundou o Motörhead em 1975, com Larry Wallis na guitarra e Lucas Fox na bateria, sendo este último logo substituído por Phil "Animal" Taylor ainda na gravação do primeiro disco da banda, On Parole, de 1975 – lançado apenas em 1979, quando o Motörhead já despontava como um dos expoentes do heavy metal britânico graças a trabalhos com o álbum homônimo de 1977, Overkill e Bomber, ambos de 1979. 

Em 1980 e 1982, o Motörhead lançou seus discos de maior sucesso, Ace of Spades e Iron Fist, consagrando nesses trabalhos a era de sua formação clássica, com Lemmy, Taylor e o guitarrista "Fast" Eddie Clarke.Uma das características mais marcantes do Motörhead como power trio rápido e furioso era a voz gutural de Lemmy e a sonoridade que ele extraia de seu baixo Rickenbacker em volume e distorção máximos. 

Lançado em 2010, o documentário Lemmy, de Greg Olliver e Wes Orshoski, com o sugestivo subtítulo 49% Motherf**ker, 51% Son of a Bitch, prestou tributo à carreira e à vida desregrada de um artista avesso à rotina de celebridades milionárias, que gostava de passar o tempo jogando videogame, colecionado memorabilia nazista e tomando litros de Jack Daniels com Coca-Cola. 
No filme, Lemmy desmente a lenda de que teria transado com duas mil mulheres — calcula em "apenas" mil —,
fala de traumas familiares e da morte de uma namorada por overdose. A lhe prestar reverência, aperecem nomes literalmente de peso, como Ozzy Osbourne, Dave Grohl, Joan Jett, Marky Ramone, Alice Cooper, Slash, Steve Vai, Lars Ulrich e Kirk Hammett.

A banda lançou em setembro 2015 o seu 22º album, Bad Magic. A previsão era de que a turnê em curso, comemorativa dos 40 anos de estrada, seguisse até o final de janeiro. A última apresentação do Motörhead foi dia 11 de dezembro, em Berlim.

A morte de Lemmy ocorreu dois meses após o ex-baterista do Motörhead, Phil Taylor, morrer, aos 61 anos. Taylor fez parte da formação clássica da banda, com Lemmy e o ex-guitarrista Eddie Clake nos períodos de 1975 a 1984 e de 1987 a 1992.

documentários 
Live Fast, Die Old
https://www.youtube.com/watch?v=Lfk0azZ1S9A

lemmy-49-motherfucker-51-son-of-a-bitch
http://www.verfilmesonlinegratis.info/lemmy-49-motherfucker-51-son-of-a-bitch/

tags: Mothöread, Lemmy Kilmister

Nenhum comentário:

Pelo Mundo

Publicidade

Pagina inicial