Acessos

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Mironga das Estrelas do Rock II - Dave Mustaine debulha e fala de projeto.



Que o Mustaine não bate muito bem da cabeça, a gente já sabe. Depois de vasta carreira formada, com 14 discos e milhões de cópias vendidas, dezenas de shows e etc… tudo isso fermentado pelo ódio ao Metallica, banda a qual foi expulso no começo da década de 80, Mustaine decide se reunir em um jantar em sua casa com Lars Ulrich e James Hetfield para agradecer por tudo que conseguiu pelo fato de odiar o Metallica. “Se eles não tivessem me colocado naquele ônibus, Megadeth não existiria. Há males que vem para o bem, Deus sabe o que faz”, conta o já considerado guitarrista #1 de metal de todos os tempos, hoje cristão.

“Deus me ajudou a ser uma pessoa boa e feliz comigo mesma, e acredito que esse seja o único laço que eu sempre quis reatar. Um dia eu acordei e Deus me disse: ‘Dave, por que você ainda odeia o Metallica?’. Eu era muito amigo de ambos no começo do Metallica. James já morou comigo e minha mãe”, disse Mustaine. “Só faltava isso para eu ser realmente feliz”.

Sobre a possibilidade de trabalharem juntos, Mustaine anuncia: “Eu, Junior, James e Lars. Praticamente a formação original do Metallica, será mais pesado e mais rápido do que qualquer coisa já inventada, além de ser algo que queríamos há pelo menos 20 anos.”

James parece bastante amigável e receptivo com a decisão também. “Nós (James e Lars) sempre invejamos o Megadeth por conta do peso das suas guitarras. Kirk sempre teve dificuldades para tocar as músicas que Dave compôs no Kill’Em All, e por isso migramos para algo mais light, mais groove. Queríamos mais agressividade mas o Kirk nunca se preocupou com isso. Tudo bem que virou uma marca do Metallica, mas sempre quisemos algo mais “Megadeth”, que foi como tudo começou”, disse o vocalista e guitarrista do Metallica.
Quando questionados sobre as informações do projeto, pouca coisa foi concluída ainda. “Não sabemos o nome ainda, mas não será uma mistura de Megadeth e Metallica, com certeza. (risos)”, confirmou Mustaine. James grita logo em seguida: “O DAVE NÃO VAI CANTAR!”, antes de todos cairem na gargalhada. Agora é só aguardar ansiosamente, esse projeto promete.

fonte: https://www.facebook.com/pages/And-Justice-For-All-%E5%92%8C%E6%AD%A3%E7%BE%A9/695654017127690

SIGNIFICADO DA PALAVRA  MIRONGA

"Mironga" vem do quimbundo milonga, plural de mulonga, mistério, segredo. Mas também pode querer dizer briga, desentendimento. 

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Mironga das Estrelas do Rock > Kiss não se apresentará no Rock and Roll Hall of Fame

Foto: Divulgação
A aguardada apresentação do Kiss na cerimônia do Rock and Roll Hall of Fame não será realizada. A notícia foi divulgada por Paul Stanley e Gene Simmons dois dias depois de o guitarrista original da banda, Ace Frehley, afirmar que os dois donos da banda não queriam subir ao palco com a formação original.



Em entrevista para uma rádio norte-americana na sexta-feira passada, 21, Frehley afirmou que Stanley e Simmons não aceitaram a proposta dos organizadores do Rock and Roll Hall of Fame de reunir a formação original, com ele e o baterista Peter Cris. Ainda segundo o guitarrista, esta também seria a vontade dos fãs, mas Stanley e Simmons pretenderiam tocar com a atual formação do Kiss.

“Eu não acho que os fãs do Kiss ficarão muito animados e felizes com a notícia, porque, neste momento, Paul e Gene decidiram se apresentar com Tommy [Thayer, guitarrista] e Eric [Singer, baterista], e parece que o Rock and Roll Hall of Fame aceitou.”

Dois dias após as declarações de Frehley, Paul Stanley e Gene Simmons emitiram um comunicado esclarecendo alguns pontos sobre a situação. Segundo o Starchild e The Demon - como também eram conhecidos na época das maquiagens - nenhuma versão da banda se apresentará na homenagem.

“Nossa intenção era celebrar toda a história do Kiss e dar crédito a todos os integrantes, incluindo membros presentes Tommy Thayer e Eric Singer e adicionalmente Bruce Kulick e Eric Carr, todos os que fizeram esta banda ser o que é, independentemente do ponto de vista do Rock and Roll Hall of Fame”, diz o comunicado de Stanley e Simmons.

“Apesar do Kiss ter avançado muito mais tempo sem eles, Ace e Peter estão na base do que construímos e tudo isso teria sido impossível se eles não tivessem sido parte disto no começo.”

“Para acabar logo com isso, decidimos não tocar com qualquer formação da banda e vamos focar nossa atenção na celebração e na indicação ao Rock and Roll Hall of Fame”, dizem os músicos no comunicado que pode ser lido na íntegra no site oficial:www.kissonline.com.

A cerimônia do Rock and Roll Hall of Fame será realizada no dia 10 de abril.

Artistas relacionados: Kiss
Tags: Hall da Fama do Rock, Declaração


SIGNIFICADO DA PALAVRA MIRONGA

"Mironga" vem do quimbundo milonga, plural de mulonga, mistério, segredo. Mas também pode querer dizer briga, desentendimento. 
Curta a Fanpage Leda Rocker 
fonte territoriodamusica.com.br

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Divulgue aqui a sua Banda De Rock

Quer visibilidade e divulgação ampla da sua BANDA DE ROCK 
no site Leda Rocker? 

O Blog está chegando a marca de 
100 mil acessos!
com fotos, 
videos e todas referencias, 
com destaque em primeira pagina!
  • 1 ano de hospedagem da matéria no ar!
  • Link direcionado  para aba bandas, 
  • Divulgação para quase 5 mil amigos do face da Leda Rocker
  • Mais 1.300 da fan page Leda Rocker ( estimativa e o numero de curtidas crescente)
  • 30 grupos relacionados a Rock. 

Entre em contato e faça um orçamento. 

silveira.leda@gmail.com 
ou pelo fala comigo deste blog. 
(em breve site no ar)

UMA DICA DA LEDA ROCKER
(leia até o final)

Você deseja que a sua banda seja vista, ouvida, quer fazer sucesso! 
Quer ter prazer e ganhar dinheiro.
Sua banda muitas vezes precisa e precisou fazer apresentações "gratuitas" a troca de divulgação, 
mas, espere... GRATUITA?

Já parou para pensar sobre o custo de uma divulgação?

Todo o processo para que a sua banda seja divulgada nos eventos? 

Da arte que é elaborada, do gasto com grafica, telefonemas, energia eletrica, pagamento da  da internet, do tempo gasto dos divulgadores para levar o nome da sua banda para a mídia?

Do beneficio que você está recebendo em troca? Mesmo porque, a sua banda ainda não é famosa e não tem nome?

Bandas famosas pagam por divulgação! Na confecção de vídeo clipes, fotos oficiais e tudo mais. A diferença é que são famosas e ganham cachê, revertido para a produção de novos materiais, turnês e etc...porque elas continuam INVESTINDO!                                       
Portanto, se quer ter futuro com sua banda, INVISTA.

Nada cai nas nossas mãos como por encanto. Muitos trabalharam e estão trabalhando por nós desde o nosso nascimento.

VALORIZE PARA SER VALORIZADO.
VALORIZE O TRABALHO DO DIVULGADOR


Noticias do mundo Rock - AC/DC na ativa e a todo vapor!!!!

 AC/DC prepara turnê comemorativa e anuncia retorno ao estúdio em maio de 2014
Novo trabalho será o primeiro desde 'Black Ice', lançado em 2008.
Grupo australiano faz 40 anos e pretende apresentar 40 shows
O AC/DC revelou que planeja retornar ao estúdio em maio deste ano para gravar seu novo trabalho desde "Black Ice", lançado em 2008. O 16° disco da banda será gravado em um estúdio em Vancouver, no Canadá, segundo informações do site da revista "NME".
O grupo australiano de hard rock também declarou que está preparando uma turnê especial para comemorar seus 40 anos.
O vocalista Brian Johnson afirmou, em entrevista à estação de rádio Gater 98.7, da Flórida, EUA, que a turnê deve contar com 40 apresentações especiais.
"São 40 anos de existência da banda. Então, acho que nós vamos tentar fazer 40 shows para agradecer aos fãs pela eterna lealdade. Quero dizer, honestamente, que nossos fãs são apenas os melhores do mundo, e agradecemos a cada um deles", disse Johnson.

FONTE http://g1.globo.com/musica/noticia/2014/02/acdc-prepara-turne-comemorativa-e-anuncia-retorno-ao-estudio-em-maio.html.

Da redação:
 Leda Rocker... fazendo mudanças necessárias.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Leda Rocker entrevista: Banda Galwem ( Folk Metal de São João Del Rey - MG)

Leda Rocker viajou até São João Del Rey – MG e foi conhecer pessoalmente os integrantes da 

Em um bate papo muito descontraído, ela entrevistou  Gabriel Galwem juntamente com seu Irmão, o Flautista Marquinhos Galwem.

Confira a matéria:

LEDA ROCKER: Conta para Leda Rocker como foi a ideia de montar a banda e há quanto tempo?

GABRIEL GALWEM: Tudo começou quando fui estudar musica em Juiz de fora, o dinheiro era bem curto e só dava para as despesas do dia a dia. Mais como bom mineiro que sou, queria tomar aquela cachacinha e a única forma de toma-la era tocando nos butecos da boemia de Juiz de Fora. Na primeira noite comemos e bebemos feito rei, na segunda noite apareceu uma meninas lindas, e como sempre fui desprovido de beleza, achei aquela forma de ganhar gatinhas o máximo. Nos dias que se passaram percebi que aquela formula de instrumento clássico com musica popular daria algo bastante interessante para se mostrar, e quando voltei a São João Del Rei me juntei com o Marquinhos meu irmão e montamos a banda. Isso já faz uns bons dez anos

LEDA ROCKER: Quais são as influencias?

GABRIEL GALWEM: Nossas influências são: Rock'N'Roll clássico Deep Purple, Bad Company, Patrulha do Espaço, The Who, Golpe de Estado entre outras, Bandas de Folk Rock como Jetrho Tull, Cat Stevens, Rock Rural com Sá e Guarabira uma das nossas maiores influências principalmente da década de 70, Os Almondegas, Secos e Molhados, o Progressivo de Kansas, Gentle Giant, Mutantes, O Terço. A musica Brasileira de Oswaldo Montenegro, Almir Sater e Renato Teixeira. Um pouco do Heavy Metal Melodico com Blind Guardian e Gus Monsanto, o Heavy Metal de Iron Maiden e dos Brasileiros Metalmorphose, Harpia e Stress. Temos influência também da musica Celta, musica Portuguesa e Espanhola e da musica tradicional de São João Del Rei com suas orquestras bi centenárias.

LEDA ROCKER: Qual o significado da palavra Galwem?

GABRIEL GALWEM:  O nome veio da junção dos nomes dos integrantes da época e coincidentemente na língua germânica antiga essa palavra significa lógica coerência e razão.

LEDA ROCKER: Como foi a experiência de gravar o primeiro Cd?

GABRIEL GALWEM:  Foi assustadora, não tínhamos ainda experiência e tão pouco conhecimento para realizar a tarefa.

LEDA ROCKER: E hoje, quantos cds gravados? cite nomes

GABRIEL GALWEM: Temos o primeiro Ouça minha voz e terminamos agora o segundo que se chama Joaquim e o Barril de Carvalho.

LEDA ROCKER: Qual foi o momento mais emocionante da banda?

GABRIEL GALWEMO momento mais emocionante é difícil de dizer, talvez tenha sido quando escutamos o Joaquim e o Barril de Carvalho pronto 

LEDA ROCKER: Onde vocês gostariam de tocar?

GABRIEL GALWEM: Gostaríamos de tocar em todos os lugares, mais de preferência que tenha o publico legal, animado que esteja afim de curtir, de dançar, de esquecer os problemas mundanos, de sorrir, namorar, que não tenha preconceitos e tenha tesão pela musica

LEDA ROCKER: Cite 5 bandas que vocês gostariam que estivem tocando com a Galwem em um festival:

GABRIEL GALWEM:  Jetrho Tull, Deep Purple, Mago de Oz, Patrulha do Espaço e Kansas

LEDA ROCKER: Agora conta só para mim sobre seus projetos de futuro.

GABRIEL GALWEM: Meus projetos são conseguir espaço no meio musical, e através da musica expressar aquilo que sinto, que vejo, conseguir levar alegria através da musica a todos que eu conseguir, “Dar pinceladas de cor a sua realidade”

LEDA ROCKER: Algum poeta em especial?

GABRIEL GALWEM:  Poeta acredito que não, escritor Miguel de Cervantes

LEDA ROCKER: Cite os 6 melhores músicos do Brasil para vocês:

GABRIEL GALWEMOswaldo Montenegro, Gus Monsanto, Ney Matogrosso, Elomar, Almir Sater, Michel Maciel (Professor de Musica da UFMG)

LEDA ROCKER: Qual a maior dificuldade que vocês veem no cenário rock?

GABRIEL GALWEM: Acho que a maior dificuldade, é o preconceito inclusive dos próprios ouvintes do rock/Metal. A cena quase acaba porque aquela bandinha de fundo de garagem que esta começando não tem apoio de ninguém, poxa os caras estão começando não tem que tocar feio Esteve Vai. Se estão tocando com a alma é o que interessa, com o tempo a produção vai melhorando, os ensaios vão ficando cada vez mais sérios, mais a essência tem que ser mantida, e para isso é necessário apoio. Não me levem a mal os fãs de Angra, mais galera tem banda a dar com pau no Brasil que é tão boa quanto, mais é só Angra, Angra pra cá e pra lá e não ouve outras grandes bandas que temos no Brasil. A língua portuguesa também é outro dificultador. Bandas de metal em Português sofrem de preconceito e muitas bandas são excelentes porque só existe duas Línguas para o Rock. A musica boa e a musica ruim. 

LEDA ROCKER: Porque Metal Medieval?

GABRIEL GALWEM:  Não nos classificaríamos como Heavy medieval, mais sim como Folk Rock, pois temos um pouco do medieval, da musica renascentista, da musica regional. Vou dizer o que amigos nossos do Rio nos chamam. Carro de mineiro. Miscelânea de sons...

Assim foi nosso bate papo! Mas tem muito mais, eles me contaram outras coisas em uma entrevista gravada que ainda não foi transcrita... A saga continua!!!

Meus mais sinceros agradecimentos ao Paulo Trindade (colunista do blog Leda Rocker) e a família da Banda Galwem que nos recebeu  com um banquete delicioso! Muito obrigada pelo carinho.
Da redação: Leda Rocker

Garage 40 - Hard & Heavy Rock na veia!

BANDA GARAGE 40


Há seis anos na estrada, GARAGE 40 é uma banda que se dedica no momento  a releituras, com repertório selecionado basicamente entre sucessos do hard rock dos anos 70 e 80, de bandas como BLACK SABBATH, DEEP PURPLE, WHITESNAKE, BAD COMPANY, FREE, UFO, JUDAS PRIEST, SLADE, ALICE COOPER, NAZARETH entre outros.

Um pouco da historia  destes caras:
Formada pelo quarteto: Alexandre “Bomber” AbreuValle (vocais), Ernesto AbreuValle (guitarra), Duarte Fonseca (bateria) e Robson D dos Santos (baixo), todos participantes em formações de bandas importantes no cenário do rock em Belo Horizonte dos anos 80 até os dias de hoje.

Alexandre AbreuValle fundador e vocalista da Kalabouço, banda que nos anos 80 era considerada uma das mais influentes no cenário do Hard Rock e Heavy Metal de Belo Horizonte. Também com participação em outras bandas de Hard Rock e Rock Progressivo em sua trajetória.

Ernesto Abreu Valle, compositor, arranjador e orquestrador, com formação em música erudita e outros estilos, participou com seu irmão Alexandre na Banda Kalabouço, entre outras bandas de Hard Rock e Rock Progressivo.

Robson D dos Santos  é guitarrista e baixista. 
Fez parte das bandas mineiras de Heavy Metal Apolium e Blest War, dentre outras.

Duarte Fonseca participou da Tribo de Solos, banda que reunia músicos experientes que fizeram parte de vários outros grupos de rock com destaque na capital mineira, como Time Machine e Hard Blues.


Contatos para shows capital e interior
Agenciamento
Leda Rocker
silveira.leda@gmail.com

Você quer que a sua banda apareça?
(envie mensagem através do contato deste blog)

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

A vocalista Taty deixa a Banda Distúrbio Sub Humano

Nota recebida da pagina da Banda 


E ai pessoal tudo bem?
* Já tem um tempo que não postamos nada por aqui, mas aqui vai uma NOTA sobre o que tem nos acontecido.
Tivemos um ano de 2013 muito foda, gravamos disco novo, fizemos muitos shows e conquistamos muitos seguidores. Mas como sabem, ter uma banda de Hard Core/Punk no Brasil as vezes não basta só dedicação. Passamos por algumas dificuldades pessoais que não vem o caso contar aqui. O ATRASO do nosso disco também vem de algum desses problemas.

** Infelizmente devido a forças maiores que  não podemos controlar é que COMUNICAMOS A SAÍDA DA NOSSA VOCALISTA TATY DSH. 
De 13 anos de banda, foram 11 ela na linha de frente berrando e nos guiando. Pessoa maravilhosa que dividiu sonhos, tretas, boicote, problemas, alegrias e emoções nessa banda.
Foi uma decisão difícil de ser tomada devido ao momento ótimo que a banda se encontra, mas tem hora que devemos seguir outros sonhos e obrigações.

*** Sobre o DISCO, ainda este ano vamos lançá-lo e faremos um SHOW ESPECIAL para o lançamento.

Pra que está pensando em perguntar, A BANDA NÃO VAI ACABAR. Tivemos varias pessoas passando por este “sonho”, e sei que nenhuma delas quer o fim dele.
Então é isso. Agradecemos a todos que estão nos acompanhando, todos os integrantes que anteriormente passaram e principalmente a TATIANE. Desejamos tudo de bom na vida dela e suas novas conquistas.
E vamos seguindo!!
(Mais novidades em breve!)

Att. Pigmeu, Enio, Augusto e Victor


Veja a ultima apresentação da vocalista no programa da TV Horizonte - Caleidoscópio

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

BANDA UGANGA lança VideoClipe

Assista "Guerra", novo videoclipe do Uganga
A música fará parte de "Opressor", novo álbum de estúdio da banda
Manu "Joker" (vocal), Christian Franco (guitarra), Thiago Soraggi (guitarra), Raphael "Ras" Franco (baixo) e Marco Henriques (bateria). Coletivamente eles são conhecidos como Uganga. Se você ainda não ouviu falar sobre eles é porque deve ter passado uma longa temporada longe da órbita terrestre. Afinal, esses mineiros estão na estrada há 20 anos, já lançaram quatro álbuns e fizeram duas turnês pela Europa, além de inúmeros shows por todo país.

Quando imaginou-se que o Uganga tiraria um pouco o pé do acelerador, eis que o grupo já anuncia um novo disco de estúdio. 
Intitulado "Opressor", o álbum foi produzido pelo experiente Gustavo Vazquez (Black Drawning Chalks, Macaco Bong, Krow, Hellbenders) e vai reunir as faixas "Guerra", "O Campo", "Veredas", "Opressor", "Moleque de Pedra", "Casa", "L.F.T.", "Modus Vivendi", "Nas Entranhas do Sol", "Aos Pés da Grande Árvore", "Noite", "Who Are The True" (cover do Vulcano) e "Guerreiro".  

A data de lançamento de "Opressor" não está definida, mas o álbum chega às lojas ainda no primeiro semestre de 2014. 

Enquanto isso, no último sábado, dia 08 de Fevereiro, estreou na Play Tv o novo videoclipe da banda da música "Guerra".

Dirigido por Eddie Shumway - que já havia trabalhado com a banda no clipe "Fronteiras da Tolerância - o vídeo de "Guerra" traz imagens filmadas na Polônia, Eslovênia e Hungria. 
"A idéia do clipe foi abordar vários conflitos da história da humanidade que infelizmente foi escrita com sangue", explica o vocalista Manu Joker. "Mesclamos  imagens desses eventos às outras que fizemos em três lugares diferentes na Europa. Filmamos cenas tocando no clube ShowBarlang em Budapeste, na Hungria, e outras imagens na Polônia andando pelas ruas de Poznan, local onde praticamente começou a segunda guerra mundial. Por fim, filmamos outras cenas num centro cultural de Maribor, na Eslovênia, onde tinham vários objetos e esculturas relacionados ao tema, como por exemplo um carro de polícia cravejado de balas que acabou virando uma horta ou um símbolo da paz feito com metralhadoras AK 47 (risos)". 
 
Manu Joker também faz questão de esclarecer que, apesar das imagens, o clipe de "Guerra" não faz qualquer tipo de apologia e que o tema da letra está conectado com questões pessoais vividas por qualquer pessoa.
"A idéia dessa letra veio das nossas batalhas internas, as nossas guerras particulares. Todos nós lidamos com isso, cada um à sua maneira. Acho que o Eddie fez um trabalho muito bom ao traduzir isso para o clipe e estamos realmente muito felizes com o resultado. Gostaria que as pessoas procurassem saber na real do que se trata o conceito desse som. Definitivamente não é apologia a violência, mas ai vai da percepção de cada um pra tirar suas conclusões."

Assista o videoclipe "Guerra" no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=hK1rn6XxywU

Mais informações:
www.uganga.com.br   
www.twitter.com/uganga  
www.myspace.com/uganga  
www.youtube.com/ugangamg 
www.facebook.com/ugangaband 

Management, Shows e Informações para a Imprensa:
Eliton Tomasi - SOM DO DARMA
eliton@somdodarma.com.br 
www.somdodarma.com.br 
(15) 3211-1621
Crédito Fotos: Eddie Shumway

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

o Mestre Salin de Sá



Leda Rocker hoje vem apresentar   uma personalidade muito especial do meio artístico e musical de Belo Horizonte
Engajado em projetos de reciclagem, o musico, arte educador e construtor de instrumentos alternativos, o 
Luthier Salin de Sá, desenvolve um trabalho de construção de instrumentos a partir de materiais reaproveitáveis. Iniciou sua vida profissional e artística como músico e desenhista, na área de criação visual. Atuou em varias empresas de criação e desenho. Estudou, etnomusicologia, gestão cultural, história das artes com a artista Yara Tupinambá, diversos processos musicais com o grupo UAKTI e em vários cursos de desenhos. Hoje está bem envolvido com construção de instrumentos musicais alternativos com materiais de reaproveitamento, ministra cursos, oficinas e workshop em diversos projetos.
"Para algumas culturas a construção de um instrumento é algo semelhante à constituição de um “Homem Pleno”, capaz de trabalhar em equipe, respeitando as diferenças entre cada indivíduo. Um instrumento traz consigo uma enorme bagagem cultural que muito pode nos revelar sobre as diversas maneiras como os povos pensam e organizam o mundo."


"A música como uma das possibilidades de expressão artística, pode desenvolver habilidades úteis para todo ser humano. Através dela se pode educar, comunicar e humanizar. Um dos fundamentos da educação musical é a audição, elemento fundamental para o diálogo. A prática musical também desenvolve a consciência corporal e a expressão da fala e do canto."
"Tocar percussão é fundamentalmente trabalhar em grupo - cada sujeito/instrumento tem sua função no todo sonoro. A formação de um grupo de percussão constituído por pessoas diferentes apresenta o desafio de pensar coletivamente em prol de um objetivo comum: a música." (Salin de Sá - Arte-Educador, Músico, luthier de instrumentos alternativo e Desenhista).

Fonte: mundopercurssivo.com

Salin de Sá esteve presente em setembro de 2013 no Horizonte Blues Festival na cidade de Belo Horizonte onde fez exposição de seus instrumentos com o projeto “Educação Pelo Tambor” em parceria com José Flavio Marques, instrumentos estes que também foram utilizados no palco pelo grupo SonoraMente Blues.

O Projeto Educação Pelo Tambor

Com a proposta de recuperar materiais que seriam descartados ou eliminados de uma forma incorreta nos grandes reservatórios de lixo, ruas da cidade e outros locais, Salin de Sá criou juntamente com o projeto de forma consciente e interativa, um novo caminho para estes objetos. Entre os materiais recicláveis das latas de doce, madeiras, partes de instrumentos convencionais, cola e muita criatividade, nasciam sonoridades que transpassavam nossa ideia construída pelas normalidades dos instrumentos .

Videos:
BRASIL DAS GERAIS
REDE MINAS 




Ficha Técnica:
Salin de Sá, músico, designer e arte educador , construtor de instrumentos alternativos.
Desenvolve trabalho de construção de instrumentos a partir de materiais reaproveitáveis.
Formado em Design Gráfico educador, iniciou sua vida profissional e artística como
Musico e desenhista, na área de criação visual (layouts e arte -final)
Atuou em varias empresas de criação e desenho.
Construtor de instrumentos musicais alternativos com materiais de reaproveitamento em oficinas e workshop.
Estudou com uakti, etnomusicologia, gestão cultural, Yara Tupinambá
(História das artes) e vários cursos de desenhos.
Participou todos os anos como expositor nas feiras de Reciclagem do Festival Lixo e Cidadania da ASMARE e no FAN-BH Festival de Arte Negra.

Links sugeridos:
http://www.mundopercussivo.com/products/o-luthier-salin-de-sa-e-o-projeto-educa%C3%A7%C3%A3o-pelo-tambor-apresentaram-seus-instrumentos-no-horizonte-blues-festival-publica%C3%A7%C3%A3o-03-de-setembro-de-2013/

Curta a fanpage Leda Rocker no Facebook
https://www.facebook.com/www.ledarocker.com.br


segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Radio Heavy Metal On Line - Entrevistas!

Muita coisa rolando (roll) na fita do rock!!! 

Aê pessoal que tal curtirem o trabalho desses caras que tem sangue metal e muita garra?! O trabalho deles está cada vez mais foda!

 HEAVY METAL ON LINE

curta a pagina Leda Rocker 

O Rock e o Empreendedorismo III - Palestra de Bruce Dickinson banda Iron Maiden

Ele pilota o próprio avião. Tem uma cerveja própria. Viaja de São Paulo à Europa na mesma semana. Parece turnê de rock star, mas é a rotina de Bruce Dickinson, líder do Iron Maiden, rodando o mundo para falar sobre empreendedorismo

Investidor-anjo, mestre cervejeiro (a banda tem sua própria cerveja, a Trooper) e historiador. Dickinson explora sua criatividade em várias frentes e defende que empreendedores devem aprender sobre os mais diferentes assuntos.

Dono de uma escola de aviação e uma empresa de manutenção de aviões, Dickinson participou, nesta tarde, de uma palestra sobre empreendedorismo na Campus Party Brasil. O evento, focado em startups e tecnologia, acontece durante toda a semana, no Anhembi, em São Paulo, e deve receber mais de 160 mil pessoas e oito mil participantes acampados.

Transforme seus clientes em fãs. Este é o conselho do cantor aos participantes que lotaram sua palestra no evento. “O consumidor sempre tem uma escolha. Se você é torcedor de futebol e seu time perde, você não desiste. Mas se te obrigam a torcer com vestidos cor de rosa, você pode ir embora”, diz. É por isso, segundo ele, que empresas precisam transformar seus consumidores em verdadeiros fãs.

Dickinson comparou o mundo dos negócios com o oceano. “Se você fica parado, como o peixe, você será comido por tubarões. Se você tem fãs, clientes fiéis, então você tem algo realmente valioso. Desenvolver negócios é desenvolver algo valioso. Se você quer ficar no mercado, tem que pensar o que é valioso e o que seu negócio faz que é único e especial”, compara.

É no valor e no relacionamento que as pequenas empresas devem concentrar seus esforços. “Somos criaturas emocionais. O mundo dos negócios é de relacionamento, confiança. É por isso que as pessoas querem jogar seus computadores pela janela, porque elas ficam frustradas. Sem essa relação de confiança, negócios acabam rapidamente”, diz.

A relação pessoal, com contato olho no olho, é o que faz negócios darem certo, para o músico. “Uma coisa em que somos bons é em contato com os olhos, somos criaturas visuais. Isso faz as pessoas felizes, somos desenhados para sermos sociais”, explica.

Criatividade e imaginação

É na curiosidade, na observação, que surgem as melhores ideias de negócio. “Você pode achar um monte de gente com conhecimento, mas sem imaginação não é nada. Com imaginação e paixão você consegue criar tudo. A observação é a chave para a criatividade”, afirma.

Quando o “mosquito da criatividade” pica alguém, é bom estar preparado. “Eu recomendo ter um pedaço de papel, uma caneta e escrever as ideias. Se você tem uma ideia incrível, especialmente se estiver no bar, sempre escreva essa ideia”, brinca.

Fonte: Revista Exame.com
curta a pagina Leda Rocker no Facebook

O Rock e o empreendedorismo II - Iron Mainden

Empresa do Iron Maiden
 é exemplo de gestão no Reino Unido


A empresa Iron Maiden LLP, que cuida da carreira do grupo, ícone do heavy metal mundial, aparece com destaque no relatório “1000 empresas para inspirar a Grã-Bretanha”, publicado ontem (29/11) pela Bolsa de Valores de Londres.

A empresa é tida como uma das que mais crescem no país, no ramo musical, e é uma das seis dedicadas a música que supera todas as outras no setor, de acordo com matéria publicada no jornal “The Guardian”. O site da Bolsa de Valores de Londres mostra que a Iron Maiden LLP tem ativos no valor equivalente a R$ 26 milhões e patrimônio líquido de R$ 43 milhões.

De acordo com a reportagem, esse sucesso vem de uma crescente base de fãs em todo o mundo, e o bom uso das ferramentas da internet. Até 31 de maio de 2012, durante um ano, a banda atraiu mais de 3,1 milhões de fãs nas mídias sociais e, na turnê “Maiden England”, de junho de 2012 a outubro de 2013, a base de fãs online cresceu em cinco milhões.

No levantamento, o Brasil, um dos países que mais compartilha músicas no mundo, é apontado como um dos locais onde o grupo é bastante popular. Não por acaso a banda faz recorrentes turnês pelo Brasil - a mais recente passou pelo Rock In Rio, em setembro (veja como foi) - e já até laçou um DVD intitulado justamente de “Rock In Rio”, com o show da turnê de retorno do vocalista Bruce Dickinson, na edição de 2001 do festival.

Para Greg Mead, da empresa Musicmetric, responsável pelo levantamento, “o Iron Maiden consegue transformar fãs que baixam arquivos de graça naqueles que compram ingressos para shows”. Para o executivo, isso “é uma prova clara de que fazer turnês mundiais vale a pena”.

fonte: Rock em Geral

O Rock e o empreendedorismo! Ki$$ lança Limosines!



KI$$

Falando em empreendedorismo! Olha ai a BANDA KISS inovando! Fizeram Limousines e colocaram de aluguel para quem vai a Las Vegas fazer turismo!


Como eu disse, cds e dvds já não são mais o grande filão, o jeito é inovar e se virar de outras formas!

quer alugar uma? 

veja o site


da Redação: Leda Rocker

Criadas pelos veteranos do ramo do turismo e grandes fãs da banda Donna e Will Tryon [ambos soteropolitanos de nascimento e criação], as limusines do KI$$ são totalmente decoradas e estilizadas – por dentro e por fora – com a emblemática da marca.
“Os exteriores são inspirados no Ki$$ e o interior é decorado com memorabilia legítima do grupo”, diz Donna, “além de música dos próprios tocando é como andar em cima de um museu do Ki$$!”

A empresa lançou a frota oficialmente no dia 20 de dezembro num evento no Hard Rock Café de Las Vegas com uma apresentação de uma banda tribute aos mascarados, a Sin City Ki$$;

Reservas para aluguel dos veículos em Las Vegas, assim como no resto do estado de Nevada, Califórnia e outras áreas já podem ser feitas.



Empresas apostam em bandas de Rock!

Empresas apostam em bandas de Rock para rótulos de Cervejas


 
O consumo debebidas alcoólicas sempre esteve ligado ao mundo da música - infelizmente, com alguns excessos. Mesmo assim, o que era uma ligação até certo ponto de rebeldia nas décadas de 1960 e 1970, e de excessos desde então por parte dos 'rock starts', transformou-se em uma relação comercial bastante proveitosa para fabricantes e músicos.

E para pequenos empreendedores. Pelo menos no Brasil. Prova disso é que não param de surgir rótulos de cervejas especiais, normalmente produzidas por microcervejarias, que ostentam o nome de bandas. O caso mais recente foi do da Cervejaria Colorado, que lançou a bebida da banda Titãs.

De acordo com informações postadas em sua página no Facebook, a empresa de Ribeirão Preto informa sobre o lançamento: 'Pegamos as influencias musicais dos Titãs e acrescentamos a brasilidade da Colorado'. A cerveja, segunda a fabricante, harmoniza com queijos gouda ou brie e carnes vermelhas.

Outra cervejaria de pequeno porte, a Bamberg, atua nesse mercado faz algum tempo - e além do lançamento recente da cerveja do trio Paralamas do Sucesso -, a empresa já lançou bebidas das bandas Nenhum de Nós, Sepultura e Raimundos.


Mercado. A Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe) estima que existem hoje cerca de 200 microcervejarias em atividade, mas elas representam apenas 0,15% do setor cervejeiro nacional, dominado por grandes empresas. “Nos Estados Unidos existem 2,4 mil. Há 30 anos, eles começaram com 90. Se o Brasil seguir a mesma proporção de consumo e vendas, podemos chegar a 2,5 mil em 20 anos”, afirma Luiz Vicente Mendes, diretor da feira Brasil Bier e um dos especialistas no segmento.

Fonte : Estadão


Nota da Editora Leda Rocker

"Uma saida para os musicos e bandas que não conseguem mais sobreviver com vendagem de cds e dvds. Só espero não tomar nenhuma bebida falsificada".

Banda Chilena LLUVIA FUNEBRE está de volta!

APÓS 4 ANOS DE AUSENCIA, A BANDA DO CHILE LLUVIA FUNEBRE 

RETORNA COM OS SEUS INTEGRANTES ORIGINAIS!!!

Exibindo logo final grande 2.jpg
Matias Francino e companhia estão de volta à carga , mas desta vez com os membros originais . Pedro Gonzalez , o baterista original, com quem gravou a primeira produção de "La Opción Final" ) , Emmanuel Herrera no baixo com o qual muito contribuiu das composições do segundo álbum "Re- Constrution Of The Mind", e  Amanda Jara, que foi convidada para cantar acima "Somewhere in Nowhere Again" e alguns temas do álbum solo de Matias Francino " Música, Poeira e Asfalto " com uma interpretação notável em músicas como "El Ultimo Lamento", "Despertar Sin Salida", entre outras músicas que serão relançadas como  "Re-Construction O The Mind" e albúm solo de Matias Francino). 


Matias Francino
Após 2011,  passaram pela banda inumeros músicos e mesmo assim Matias Francino não desanimou e manteve a sua carreira solo. O tempo passou e ele decidiu remontar a banda no2013, mas somente em  2014 que a formaçao oficial iria se juntar e com uma "alienação forte e unida". 



Emmanuel Herrera
Matias Francino relata o seguinte: - "Ver o valor que foi criando pela banda e a importança que representa a nivel local, além do que significa para muitas pessoas , estou muito feliz de informar que estamos de volta , também estamos preparando um novo álbum que vai contar com excelentes convidados internacionais. O Album contém 13 músicas originais e vai ser tudo um desafio para o 2014, já que desejamos gravar um album ao vivo para fazer um grande registro com o melhor dos nossos dois primeiros albums mais o novo que esta por vir . "
Amanda Jara
O novo álbum recebeu o nome de "Ride to Horizon" e será lançado no meio deste ano, por prezarem por uma  melhor produção,  a banda atrasou o lançamento do álbum  , por acreditarem que os fãs merecem respeito, além 

de tudo o tempo em que a banda ficou fora de cena, desta forma se levou algum tempo com o objetivo de depurar este álbum ainda mais".

Uma das coisas principais deste retorno, é a quantidade de gente nova que 

nunca viu a banda ao vivo, gente mais nova que até hoje se lembram das nossas músicas, e por outras coisas, a banda já esta se preparando para algumas datas dentro da cidade, e aguardamso fazer uma turnee para fora de nosso País. Afirma Matias Francino.

Pedro Gonzalez
"Tudo esta sendo minunciosamente planejando, à medida que se desenrolam os ensaios para as apresentações. Inumeros fãns desejam ver a banda e isso se torna importe para seguirmos em frente" Conclui Matias.

Ele ainda nos informa que a  Banda LLUVIA FUNEBRE  já esta convidada para ser parte da primeira ediçao do festival do Rock "San Antonio Puerto Rock", que será os dias 14 e 15 do Fevereiro, uma grande vitrine para uma volta tão esperada por muitos e tera pela primeira vez após 4 anos de auséncia a banda se apresentando ao vivo!

Canções como  "Under The Fallen Sun" , "Blood Inside The dark ", " Majestic Maggots " , ou o novo single " The Earth Divided " serão alguns dos sons que irão para este show. Também, a volta vai marcar um acontecimento importante, já que o dia 14 de fevereiro a banda fez a primeira apresentaçâo oficial em 2006, bastante simbolico para a volta da banda mais grande de Rock & Metal da cidade, e umas das importantes dentro da America do Sul.

Discografia:

"La Opcion Final" 2009 (album)
"Re-Construction Of The Mind" 2010 (album)
"The Earth Divided" 2013 (Demo/E.P)

VIDEO CLIP:

Exibindo logo final grande 2.jpg

Esta matéria é patrocinada por Leda Rocker 
 (se deseja divulgar material de sua banda entre em contato com o nosso setor comercial através deste site)





Pelo Mundo

Publicidade

Pagina inicial