Acessos

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Agenda: AGENDA ROCK OUTUBRO 2015

Agenda: AGENDA ROCK OUTUBRO 2015: 02 DE OUTUBRO  03 DE OUTUBRO 04 DE OUTUBRO https://www.facebook.com/events/886095211479586/ 03 E 04 DE OUTUBRO Que ta...

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Porshe Cabriolet 65 de JANIS JOPLIN SERÁ LEILOADO

O lendário Porsche conversível da estrela do rock Janis Joplin será leiloado em dezembro em Nova York com um alor estimado de mais de 400.000 dólares, anunciou nesta terça-feira a casa de leilões RM Sotheby's.
O 1965 Porsche 365C 1600 Cabriolet, pintado com um caleidoscópio de cores ao estilo psicodélico e "Flower Power" da época, estava nas mãos da família de Joplin desde a morte da cantora, em 1970.

Nos últimos 20 anos o carro foi exposto no Salão da Fama do Rock and Roll de Cleveland (norte). A RM Sotheby's estimou seu preço em mais de 400.000 dólares, segundo um comunicado.


Originalmente branco, Joplin o comprou em 1968 e encarregou seu amigo Dave Richards de pintá-lo. Ele criou uma "História do Universo", segundo suas próprias palavras, que inclui um retrato da cantora com os membros de sua banda.


"O 365C de Janis Joplin é, sem dúvida, um dos Porsche mais importantes de todos os tempos", disse Ian Kelleher, um responsável da RM Sotheby's, a maior casa de arremates do mundo dedicada ao ramo automobilístico.


A história por trás do Porsche de Janis Joplin

Em 1968, Janis Joplin se deu de presente um Porsche 1965 356c Cabriolet, um dos 16.674 produzidos. Ele tinha uma das configurações mais desejáveis ​​de um conversível, freios a disco e um motor poderoso. 

Mas ela achou que ainda faltava um detalhe.

Foi quando ela pediu que seu roadie Dave Richards o decorasse enquanto ela estava em turnê, um trabalho de pintura psicodélica ele chamou, "a história do universo". O carro foi roubado durante uma turnê de  Janis e o ladrão cobriu o mural pintado para disfarçar a manobra. Depois de se recuperado pela polícia, Richards restaurou a sua pintura.

Com a morte súbita da cantora, muitos jornalistas foram levados a acreditar que o carro estava em um museu do Texas, mas se tratava apenas de uma cópia. Durante anos o seu Porsche foi considerado "perdido" e vários rumores sobre o seu paradeiro foram relatados durante a década de 70. Finalmente descobriram que o carro havia sido tomado pelos pais de  Janis, mas quando o seu testamento foi lido, eles o repassaram para o manager da cantora, Albert Grossman.

Grossman costumava usá-lo como carro de cortesia em sua propriedade em New York por vários anos, até cair em desuso. A família de Janis recuperou o carro em 1975, mas a pintura original estava em um estado tão ruim que não poderia ser salva. O carro está agora emprestado para a exposição do Rock and Roll Hall of Fame Museum de Cleveland.
fonte ideafixa.com

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Carta aberta ao Presidente da FMC - Queremos mais rock, mais metal, mais atitude, mais cultura, paz e mais amor!

Leitores do site Leda Rocker, o que vocês lerão abaixo é a carta via e-mail que direcionei no dia de hoje ao Presidente da FMC, na íntegra.

Para o Presidente da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte

Leônidas José de Oliveira


Caríssimo Leônidas,


É com o coração cheio de muita emoção e gratidão que venho deixar um registro do que meus olhos presenciaram, meus ouvidos e alma vibraram ao ver se tornar realidade uma luta que eu (enquanto produtora independente desde 2000 (dois mil)) e muitos outros guerreiros, viemos travando desde então em prol do rock, do metal, da cena "underground" da nossa cidade. 
Relembrando sempre os áureos anos 80, onde a cidade de Belo Horizonte era literalmente chacoalhada pelos jovens músicos da época, hoje veteranos que imprimiram a sua marca, sua identidade, promovendo definitivamente a cidade como a
"Capital Nacional do Heavy Metal".

Reafirmo o que disse na 3a. Conferencia Municipal de Cultura, na qualidade de Delegada, quando me posicionei como apoiadora e representante dos roqueiros da cidade e digo isso de posse e com propriedade, sem omissão, pois vocês viram com os próprios olhos a multidão linda que se formou entre jovens e pessoas já na terceira idade. Foi uma noite de puríssima confraternização e de inesquecíveis momentos, que ficarão gravados na memória de todos. E a forma desta manifestação foi energética e efusivamente demonstrada através dos "mosh pit" que se formavam em todos os lados, quando da apresentação da banda EMINENCE e SEPULTURA. Os "Headbangers" só arredaram o pé depois que a banda Sepultura se despediu, baixando seus instrumentos e reverenciando o publico roqueiro presente.
Foi uma noite de consagração e uma sensação de "Alma Lavada"!

Queremos mais rock, mais metal, mais atitude, mais cultura, paz e mais amor!

A Fundação Municipal de Cultura está de parabéns pela iniciativa da Virada Cultural, evento este que veio para ficar definitivamente no calendário cultural da Cidade.
Sem pieguice e demagogia, precisamos reconhecer quando os recursos da cidade estão sendo bem usados e convertidos para a população, e a Fundação M. de Cultura está fazendo seu papel com a devida honradez e transparência.
Contem com o apoio da Leda Rocker como aliada, que abraça a cena, sem medo de se mostrar e entrega a alma para o que realmente ama fazer.
Me sinto parte da história da Fundação Municipal de Cultura no tocante as conquistas desde 2008 com a instauração do COMUC.
Espero participar mais ativamente junto a FMC e poder continuar dando a minha humilde contribuição. 
Que venha a VIRADA CULTURAL 2016!

Um abraço fraterno presidente Leônidas, 
muita saúde e paz em sua luta diária!


Leda Rocker
no site Leda Rocker.. confira a matéria que fala sobre a virada cultural 


confira também as fotos da fotógrafa Iana Domingos


Melhores momentos fotografados por 
Leda Rocker



Publico no inicio da Virada Cultural na Pça da Estação

Banda Tianastácia 
Banda Tianastácia
Banda Tianastácia
Jairo Guedes/Sepultura - Banda Metallica Cover Brasil
Metallica Cover Brasil
Metallica Cover Brasil
Banda Eminence
Bruno Paraguay -Vocal Eminence
Davidson Mainart - baixo Eminence
André Márcio - Baterista Eminence
Performance Eminence
Alan Wallace - Gutarrista Eminence
momento de "mosh pit." apresentação Eminence
Virada Cultural 2015!
SEPULTURA  - Andreas Kisser
Banda Sepultura
Eloy Casagrande - Baterista Sepultura
Paulo Jr.  - Baixista Sepultura
BANDA SEPULTURA


Derrick Green - Vocalista Sepultura
Se você gostou desta matéria, se esteve presente na Virada Cultural de 2015 e deseja deixar depoimento da sua experiência fique a vontade para se expressa abaixo que iremos postar.
da redação :            Leda Rocker

\m/
LEDA ROCKER E MAURINHO NASTACIA
Bastidores da Virada Cultural 2015

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Roteiro Leda Rocker da programação de Rock, Metal e Blues da VIRADA CULTURAL

PROGRAMAÇÃO LEDA ROCKER 
PARA A VIRADA CULTURAL

Pensando na programação  ligada ao rock, metal e blues, montei um  roteiro para não ficar perdida nas 24 horas de evento da Virada. Acompanhe abaixo e se gostou compartilhe, divulgue e pode copiar a vontade!

Point de encontro e aquecimento para a Virada
(Bar da Lora)
Dia 12/09

12:00 MERCADO CENTRAL

PRAÇA DA ESTAÇÃO
DIA 12/09
21:00 TIANASTÁCIA
22:15 METALLICA COVER BRASIL
23;15 EMINENCE
00:30 SEPULTURA - DIA 13

PALCO FESTIVAL DE INVERNO DE BH MIRANTE MANGABEIRAS 
DIA 12/09
20:30 AUDERGANG - GOSTARIA DE IR MAS VAI COLIDIR COM O ROCK/SEM CHANCES

PARQUE MUNICIPAL 
DIA 13/09

03:30 FALCATRUA
05:00 MANTRA
06:30 CÁLIX

VIADULTO SANTA TEREZA 
DIA 13/09

15:00 TREMBEMDITOS

PALCO FESTIVAL DE INVERNO DE BH MIRANTE MANGABEIRAS
DIA 13/09

19:00 Shello & LoBo Blues Band
20:30 MAURINHO E OS MAUDITOS

GUAICURUS

CRUs! xiii  - nemmmm

PRAÇA SETE

ZERO xiii

NO CIRCUITO

(curto circuito) xiii

EDIFICIO SULACAP

(SÓNACAP) NEMMMMM

SESC PALLADIUM - DIA 13

19:00 OTTO CONVIDA BABY DO BRASIL - 
NÃO VOU.. PREFIRO IR VER BLUES E DEPOIS
O MAURINHO E OS MAUDITOS NO MIRANTE MANGABEIRAS.


Caríssimos leitores do site Leda Rocker, esta é a minha programação para acompanhar a Virada Cultural de BH nas 24 de muita resistência.  

Faço aqui uma observação para a organização da Virada Cultural:

É lamentável que os shows de Blues estejam no Mangabeiras e o Rock lá na Praça da Estação, colidiram os horários. :(  Quem gosta de rock também ama o Blues, uai! Ai mela tudo né organização?!
A programação completa você pode conferir em 

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Keith Richards: músicas novas e como entrevistas se transformam em polêmicas


Na entrevista que deu para a revista Esquire em 30 de junho, Keith Richards diz saber que é provavelmente mais conhecido pela imagem do que pela música e se acostumou com isso. “É como uma bola de ferro que você carrega e é um cara que talvez você tenha sido 25 anos atrás”, declarou o guitarrista.

Tanto isso é verdade que a entrevista em questão, feita para promover seu terceiro álbum solo, “Crosseyed”, tem como manchete seu comentário sobre “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, álbum lançado pelos Beatles em 1967. Na verdade o trecho mais polêmico dele. 

O repórter comenta que pensando nos álbuns que os Rolling Stones e os Beatles lançaram na década de 60, reparou que nos últimos 20 anos ouviu com mais frequência os trabalhos da banda de Richards do que o quarteto de Liverpool, ao que Richards respondeu:

Não, eu entendo - os Beatles tinham um som ótimo quando eram os Beatles. Mas não há muito das raízes naquela música. Eu acho que eles se empolgaram. Por que não? Se você é os Beatles nos anos 60, você apenas se deixa levar - você esquece o que queria fazer. Você está começando a fazer “Sgt. Pepper’s”. Algumas pessoas pensam que é um álbum de gênio, mas eu acho que é uma mistura de lixo, tipo “Satanic Majeties” [“Their Satanic Majesties Request”, álbum lançado pelos Stones poucos meses depois] - "ah, se você pode fazer um monte de merda, nós também podemos.
E então na última quinta-feira, 03, o The New York Daily News publicou outra entrevista com o músico, sendo o destaque desta seus comentários sobre o rap, o rock e especificamente as bandas Black Sabbath e Metallica. De acordo com a publicação, Richards acha que o rock “soa como uma pancada sem graça pra mim”, completando que “para a maioria das bandas, fazer uma síncope está além da capacidade delas. É um monte de pancadas, sem balanço, sem variação, sem síncope”.

Na mesma entrevista Richards afirma que “milhões são apaixonados pelo Metallica e Black Sabbath. Eu só achei que eles fossem grandes piadas” e ainda dá sua opinião sobre rap:

Rap - tantas palavras, tão pouco dito. O que o rap fez que foi impressionante foi mostrar que tem muita gente que não tem ouvido musical por aí. Tudo que elas precisam é uma batida e alguém gritando por cima dela e elas ficam felizes. Há um mercado enorme para pessoas que não sabem distinguir uma nota da outra.

Apesar das manchetes e polêmicas - parte do preço pelo sucesso que na entrevista à Esquire Richards afirmou ter valido a pena pagar pelo sonho de ser um músico e estar numa banda (completando ainda que não teria se importado em ser um coadjuvante), o importante é que “Crosseyed” chega ao mercado dia 18 de setembro e três músicas de seu repertório foram liberadas no Spotify além do primeiro single “Trouble”: “Amnesia”, “Substantial Damage” e “Robbed Blind”.






Artistas relacionados: Keith Richards
Tags: Streaming

Motörhead retoma turnê e lança linha de produtos eróticos

40261_080915_1613_g.jpg (720×405)


Depois de alguns shows cancelados/interrompidos por causa da saúde do vocalista Lemmy Kilmister, o Motörhead retoma a turnê de divulgação "Bad Magic" hoje, com um show em St. Louis (EUA). A banda também lança uma linha de produtos eróticos.

Shows

Depois de tocar três ou quatro músicas, o Motörhead foi obrigado a parar o show em Salt Lake City, Utah (EUA), no último dia 27 de agosto por que Lemmy sentiu-se mal. O músico declarou que não conseguia respirar e que sentia uma terrível dor nas costas. Outros shows foram interrompidos e cancelados e o músico foi diagnosticado com uma infecção pulmonar.

Lemmy está recuperado e a banda volta para a estrada com show que acontece hoje em St. Louis. De lá, a banda segue para mais 11 shows na América do Norte antes de viajar para a Europa, onde tem mais de 30 shows agendados.

Proibido para menores

Paralelamente à turnê do recém lançado "Bad Magic", o Motörhead também tem outra novidade: uma linha de produtos eróticos. Com o nome de "The Official Pleasure Collection", a linha traz vibradores com a marca da banda.

"Uma das músicas do nosso álbum de estreia se chama 'Vibrator' então nós tínhamos que ter um algum dia, não é? Aparentemente, valeu a espera", comentou o vocalista sobre o lançamento. Os preços variam entre £14.99 e £29.99. Mais informações sobre o produto podem ser obtidas aqui.



Artistas relacionados: Motörhead
fonte: http://www.territoriodamusica.com/

Banda Ogum (Thrash Metal) lança vídeo "Panorama of Destruction" - confira a entrevista


A banda de  "thrash metal"  Ogum surgiu no ano de 2012 em Belo Horizonte e é formada por um power trio que vem se destacando nos palcos  do Underground Mineiro com músicas que envolvem tanto os que preferem apreciar os detalhes quanto os que se ligam na energia e não dispensam um "mosh pit". Juntamente com o EP chamado "Panorama Of Destruction", a banda lança seu primeiro vídeo clipe que leva o mesmo nome do EP e assim vem cumprindo a difícil tarefa de ser original nos tempos atuais.  O power trio conta com  Felipe Andrade no baixo e vocal, Filipe Moreira na guitarra e Lycio Oliveira na bateria. 
Em um papo descontraído, Leda Rocker troca figurinhas com o "frontman" da Ogum, Felipe Andrade, que revela detalhes dos bastidores da gravação. Acompanhe abaixo na íntegra a entrevista e em seguida confira o vídeo Clipe "Panorama of Destruction" 


  • Leda Rocker :

O  nome Ogum é muito forte, diga porque vocês optaram por esta escolha?





  • Felipe Andrade:
Queríamos um nome que soasse forte mesmo, que tivesse mais relação com a nossa cultura. Então procuramos na mitologia africana e encontramos esse nome, que é um deus da guerra, que forja metais, suas próprias armas e que vence exércitos inteiros sozinho. Escolhemos esse nome também sob influência do Sepultura por ter um nome em português e vimos que esse nome nos representa bem. 



  • Leda Rocker
Vocês lançaram uma demo com sete faixas pela *demo studio live*, inclusive eu  recebi das suas mãos em um evento de rock em Contagem. E agora  como está seguindo o trabalho de vocês?

  • Felipe Andrade:
Lançamos um EP com duas musicas em 15 de julho, sendo  “Nightmares of Tomorrow” retirada da demo e a inédita  “Panorama of Destruction” que se transformou em um vídeo Clipe e foi ao ar em 31 de agosto, e a galera pode conferir aqui nesta entrevista!

  • Leda Rocker :
Conte-me um pouco sobre a produção do vídeo clipe  "Panorama of Destruction" .

  • Felipe Andrade:
Esse clipe foi bem trabalhoso, mas foi muito doido. Queríamos algo simples, um clipe que passasse a energia e intensidade das nossas músicas, então elaboramos um roteiro simples e direto.

  • Leda Rocker:
Quem foi o responsável pela produção do clipe?

  • Felipe Andrade:
O clipe foi produzido e dirigido por Wilker Alves Maldonado.

  • Leda Rocker:
Houve alguma influência de outras bandas? 

  • Felipe Andrade :
Sim! Baseamos nos clipes de bandas como Violence, Obituary, Nuclear Assault, Sepultura entre várias outras.

  • Leda Rocker:
Quanto tempo durou  todo o trabalho para o clipe ir para rede?

  • Felipe Andrade:
Foram dois meses de preparação até o dia da gravação, nesse tempo escrevemos o roteiro procuramos um produtor para dirigir o clipe e escolhemos o local.

  • Leda Rocker:
Achei que escolheram um local interessante como cenário. Conte para nós o que aconteceu no decorrer das gravações? (risos)

  • Felipe Andrade:
Como era um lugar abandonado tivemos que pular a grade e passar pela cerca para fazer o reconhecimento da área. No dia da gravação levamos uma cegueta para serrar o cadeado do portão para entrarmos com os carros e equipamentos mas tivemos que esperar algumas horas pois tinha uma galera fazendo treinamento de tiro prático e tivemos que ficar do lado de fora, fomos gravar o clipe quase no final da tarde e tivemos que escolher, na correria de aproveitar a luz do dia, o melhor posicionamento para fazermos a gravação de forma que aproveitássemos a iluminação da tarde, tudo isso na pressa! Toda essa correria acabou influenciando na encenação e interpretação durante a gravação e o resultado foi melhor do que esperávamos.

  • Leda Rocker:
Muto obrigada pela entrevista Felipe Andrade e fique a vontade para mandar recado para os leitores do site Leda Rocker!

  • Felipe Andrade
Se quiserem ficar por dentro das atividades da banda é só curtir a página do facebook que sempre tem algum material pra galera conferir, podem nos seguir no twitter, trocar ideia, Tamo aí.
  • Leda Rocker : 
Valeu Ogum! 

E.... Taca-lhe Metal!!!!


Acesse e confira tudo sobre a banda Ogum no catálogo virtual Leda Rocker - Rock de A a Z




curta a página Leda Rocker no facebook

Se gostou dessa matéria pode fazer comentário aqui embaixo!

Pelo Mundo

Publicidade

Pagina inicial