Acessos

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

O mundo do Metal está de luto- Morre Lemmy Kilmister do Motörhead

Lemmy Kilmister, líder do Motörhead, morre de câncer aos 70 anos


"Depois de tantas noticias falsas sobre a morte do Lemmy, eu não estava acreditando quando meu filho Daniel  bateu na porta do meu quarto por volta das 23:30 e anunciou : Adivinha quem morreu?!... Lemmy Kilmister, fiquei sem palavras, fiquei sem forças"  



Cantor descobriu câncer 'extremamente agressivo' no último sábado (26).
Ele era fundador, vocalista e baixista da banda britânica de heavy metal.

O líder da banda inglesa de heavy metal Motörhead, Lemmy Kilmister, morreu vítima de câncer nesta segunda-feira (28) em sua casa, aos 70 anos de idade. Segundo publicação na página oficial do grupo no Facebook, o vocalista e baixista descobriu no sábado (26) que sofria de uma forma "extremamente agressiva" da doença.
"Não há maneira fácil de dizer isso... nosso poderoso e nobre amigo Lemmy morreu hoje após uma curta batalha contra um tipo extramente agressivo de câncer", afirma a publicação. "Ele estava em sua casa, sentado em frente ao seu video game favorito com sua família."
O texto ainda afirma que trará mais informações nos próximos dias. "Por enquanto, por favor... toquem Motörhead BEM ALTO", pede.
Ian "Lemmy" Kilmister era membro fundador do Motörhead e o único fator constante na banda nos últimos anos. Ele havia completado 70 anos na última quinta-feira (24).
Quarenta anos depois de sua criação, a banda metaleira ainda tem um séquito de fãs fiel, graças à sua destruidora guitarra e à voz inconfundivelmente grave de Lemmy. Ao longo da carreira, lançaram cerca de 20 álbuns, alcançando 30 millhões de discos vendidos ao redor do mundo.
Reconhecível também pelas costeletas e as pintas no rosto, Lemmy era, há tempos, um dos maiores representantes do estilo roqueiro de vida. Dizia-se que costumava beber uma garrafa de whisky Jack Daniel's por dia.
O vocalista vinha enfrentado problemas de saúde há alguns anos. Entre outros, um diabetes do qual sofre há anos e que forçou o Motörhead a adiar uma turnê europeia em 2013.
Lemmy garantia ter parado de beber e que abandonou o cigarro. O Motörhead participava de uma longa turnê por América do Norte e Europa.
Em 2015, a banda chegou a cancelar ou encurtar diversas apresentações, inclusive sua participação no festival brasileiro "Monsters of Rock", em abril.
fonte g1.globo.com

diz baterista do grupo após morte de Lemmy Kilmister
Mikkey Dee relata ao jornal sueco "Expressen" que a morte de Lemmy Kilmister, também significou o fim da banda, anuncio nesta terça feira (29).


"Acabou, é claro. Lemmy era o Motörhead. Mas a banda seguirá viva na memoria de muitas pessoas", afirmou. " Não faremos mais turnês, nem haverá mais discos. Mas nossa marca sobrevive e Lemmy vive nos corações de todos."

Dee exaltou a coragem do amigo Lemmy que seguiu bravamente cantando e tocando enquanto sofria do câncer. A doença como dito acima foi diagnosticada no sábado dia (26) um dia depois do natal e dois dias após o seu aniversário de 70 anos.

acrescentou: " Ele esgotava toda a sua energia no palco, e depois, ficava muito cansado. É incrível como conseguia se apresentar".


Em Julho de 2013  ( há dois anos atras)
O estado de saúde do líder do Motörhead, Lemmy Kilmister, segue complicado. O baterista da banda, Mikkey Dee, disse que o músico "não está se recuperando tão bem". O músico de 67 anos sofreu uma série de problemas de saúde nas últimas semanas que forçaram o cancelamento de alguns shows do grupo e, posteriormente, de toda a turnê europeia da banda.


Dee conta que os problemas começaram depois que Lemmy sofreu uma queda que resultou no surgimento de um hematoma em seu quadril há cerca de uma semana. 



A situação se agravou quando o alarme anti-incêndio do hotel em que ele estava hospedado disparou, forçando-o a descer oito andares pela escadaria do local. O assistente pessoal do baixista disse que, ao chegar ao térreo, ele estava péssimo e com o quadril bastante machucado.



O baterista (de braços cruzados na foto ao lado) diz que Lemmy precisa drenar os líquidos que se acumulam no hematoma e que isso não pode ser feito de forma rápida. 



O problema maior é que, por estar constantemente de cama, o músico possa ser vítima de outras infecções oportunistas. "Ele pode facilmente pegar uma pneumonia", lembra Dee, que ainda conta como Lemmy está devastado com tudo o que está acontecendo. "[Isso é como] cortar as mãos de um pianista... é a vida dele."

Link:http://www.vagalume.com.br/news/2013/07/02/lemmy-nao-esta-se-recuperando-muito-bem-diz-baterista-do-motorhead.html#ixzz3vjKeXwOE

R.I.P. LEMMY


"A nossa forma de chorar sua morte é ouvindo muito alto seu trabalho de uma vida inteira.

Vamos beber o Lemmy!
Ontem por coincidência eu estava em uma resenha na casa do amigo Ricardo e víamos videos do Motörhead e falávamos sobre a saúde debilitada dele, das aventuras amorosas e do grande ícone do rock e Metal que Lemmy se transformou, bebíamos felizes sem saber que ele já havia partido. Recebi a noticia de morte dele quando cheguei em casa por volta das 23:30 horas. não tive forças para vir aqui escrever e divulgar para vocês.
Vai em paz queridão!
Vida longa ao Rock!

Da Redação:  Leda Rocker -  se sentindo triste :(



face oficial : Motörhead



Nenhum comentário:

Pelo Mundo

Publicidade

Pagina inicial