Acessos

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Leda Rocker entrevista: Banda Galwem ( Folk Metal de São João Del Rey - MG)

Leda Rocker viajou até São João Del Rey – MG e foi conhecer pessoalmente os integrantes da 

Em um bate papo muito descontraído, ela entrevistou  Gabriel Galwem juntamente com seu Irmão, o Flautista Marquinhos Galwem.

Confira a matéria:

LEDA ROCKER: Conta para Leda Rocker como foi a ideia de montar a banda e há quanto tempo?

GABRIEL GALWEM: Tudo começou quando fui estudar musica em Juiz de fora, o dinheiro era bem curto e só dava para as despesas do dia a dia. Mais como bom mineiro que sou, queria tomar aquela cachacinha e a única forma de toma-la era tocando nos butecos da boemia de Juiz de Fora. Na primeira noite comemos e bebemos feito rei, na segunda noite apareceu uma meninas lindas, e como sempre fui desprovido de beleza, achei aquela forma de ganhar gatinhas o máximo. Nos dias que se passaram percebi que aquela formula de instrumento clássico com musica popular daria algo bastante interessante para se mostrar, e quando voltei a São João Del Rei me juntei com o Marquinhos meu irmão e montamos a banda. Isso já faz uns bons dez anos

LEDA ROCKER: Quais são as influencias?

GABRIEL GALWEM: Nossas influências são: Rock'N'Roll clássico Deep Purple, Bad Company, Patrulha do Espaço, The Who, Golpe de Estado entre outras, Bandas de Folk Rock como Jetrho Tull, Cat Stevens, Rock Rural com Sá e Guarabira uma das nossas maiores influências principalmente da década de 70, Os Almondegas, Secos e Molhados, o Progressivo de Kansas, Gentle Giant, Mutantes, O Terço. A musica Brasileira de Oswaldo Montenegro, Almir Sater e Renato Teixeira. Um pouco do Heavy Metal Melodico com Blind Guardian e Gus Monsanto, o Heavy Metal de Iron Maiden e dos Brasileiros Metalmorphose, Harpia e Stress. Temos influência também da musica Celta, musica Portuguesa e Espanhola e da musica tradicional de São João Del Rei com suas orquestras bi centenárias.

LEDA ROCKER: Qual o significado da palavra Galwem?

GABRIEL GALWEM:  O nome veio da junção dos nomes dos integrantes da época e coincidentemente na língua germânica antiga essa palavra significa lógica coerência e razão.

LEDA ROCKER: Como foi a experiência de gravar o primeiro Cd?

GABRIEL GALWEM:  Foi assustadora, não tínhamos ainda experiência e tão pouco conhecimento para realizar a tarefa.

LEDA ROCKER: E hoje, quantos cds gravados? cite nomes

GABRIEL GALWEM: Temos o primeiro Ouça minha voz e terminamos agora o segundo que se chama Joaquim e o Barril de Carvalho.

LEDA ROCKER: Qual foi o momento mais emocionante da banda?

GABRIEL GALWEMO momento mais emocionante é difícil de dizer, talvez tenha sido quando escutamos o Joaquim e o Barril de Carvalho pronto 

LEDA ROCKER: Onde vocês gostariam de tocar?

GABRIEL GALWEM: Gostaríamos de tocar em todos os lugares, mais de preferência que tenha o publico legal, animado que esteja afim de curtir, de dançar, de esquecer os problemas mundanos, de sorrir, namorar, que não tenha preconceitos e tenha tesão pela musica

LEDA ROCKER: Cite 5 bandas que vocês gostariam que estivem tocando com a Galwem em um festival:

GABRIEL GALWEM:  Jetrho Tull, Deep Purple, Mago de Oz, Patrulha do Espaço e Kansas

LEDA ROCKER: Agora conta só para mim sobre seus projetos de futuro.

GABRIEL GALWEM: Meus projetos são conseguir espaço no meio musical, e através da musica expressar aquilo que sinto, que vejo, conseguir levar alegria através da musica a todos que eu conseguir, “Dar pinceladas de cor a sua realidade”

LEDA ROCKER: Algum poeta em especial?

GABRIEL GALWEM:  Poeta acredito que não, escritor Miguel de Cervantes

LEDA ROCKER: Cite os 6 melhores músicos do Brasil para vocês:

GABRIEL GALWEMOswaldo Montenegro, Gus Monsanto, Ney Matogrosso, Elomar, Almir Sater, Michel Maciel (Professor de Musica da UFMG)

LEDA ROCKER: Qual a maior dificuldade que vocês veem no cenário rock?

GABRIEL GALWEM: Acho que a maior dificuldade, é o preconceito inclusive dos próprios ouvintes do rock/Metal. A cena quase acaba porque aquela bandinha de fundo de garagem que esta começando não tem apoio de ninguém, poxa os caras estão começando não tem que tocar feio Esteve Vai. Se estão tocando com a alma é o que interessa, com o tempo a produção vai melhorando, os ensaios vão ficando cada vez mais sérios, mais a essência tem que ser mantida, e para isso é necessário apoio. Não me levem a mal os fãs de Angra, mais galera tem banda a dar com pau no Brasil que é tão boa quanto, mais é só Angra, Angra pra cá e pra lá e não ouve outras grandes bandas que temos no Brasil. A língua portuguesa também é outro dificultador. Bandas de metal em Português sofrem de preconceito e muitas bandas são excelentes porque só existe duas Línguas para o Rock. A musica boa e a musica ruim. 

LEDA ROCKER: Porque Metal Medieval?

GABRIEL GALWEM:  Não nos classificaríamos como Heavy medieval, mais sim como Folk Rock, pois temos um pouco do medieval, da musica renascentista, da musica regional. Vou dizer o que amigos nossos do Rio nos chamam. Carro de mineiro. Miscelânea de sons...

Assim foi nosso bate papo! Mas tem muito mais, eles me contaram outras coisas em uma entrevista gravada que ainda não foi transcrita... A saga continua!!!

Meus mais sinceros agradecimentos ao Paulo Trindade (colunista do blog Leda Rocker) e a família da Banda Galwem que nos recebeu  com um banquete delicioso! Muito obrigada pelo carinho.
Da redação: Leda Rocker

Um comentário:

Bruno Hells disse...

Bem rock n roll essa entrevista do Gabriel, bem como tem q ser. Parabéns para a banda que estará lançando um grande disco em breve.

Pelo Mundo

Publicidade

Pagina inicial