Acessos

sábado, 14 de janeiro de 2012

A Abertura do Festival Leda Rocker

ABERTURA DO FESTIVAL LEDA ROCKER AGITA DOMINGO EM BH 


No último domingo dia 08/01/2012 os roqueiros de BH tiveram um motivo a mais para se locomoverem de suas casas, pois, aconteceu a abertura do primeiro LEDA ROCKER FESTIVAL, que agitou a tarde dos camisas pretas. A união de Leda Rocker e o Holandês Voador Rock Bar deu início a um dos que promete ser o maior festival de rock independente de Minas Gerais e este domingo quem esteve presente à Rua João Samaha, 360, São João Batista no Holandês Voador pôde presenciar o nascimento deste Festival que veio para divulgar, promover, unir, aproximar e difundir os amantes do bom e velho Rock And Roll.
Às quinze horas, como vai acontecer nos próximos domingos subiu ao palco do Holandês a banda Bones para iniciar a viagem ao mundo do Rock And Roll com o melhor de Alice In Chains. A banda Bones é formada por Gustavo Leão, baixo, Leonardo Prokop, vocal, Heros Eloi, batera, Samuel Singulano, guitarras e estão juntos desde setembro de 2011, apesar de todos os músicos já serem tarimbados no circuito musical, com esta formação foi o primeiro show deles. O guitarrista Samuel, disse que tiveram uma tentativa há um ano, mas não foi frutífera e agora com as pessoas certas puderam concretizar seu propósito. Samuel ainda disse que ficaram satisfeitos com o rendimento da banda e que a reação do público foi muito boa, pois, após o fim da apresentação muitas pessoas os procuraram para elogiar a banda e ficavam perplexos ao saber que foi seu primeiro show.
Na sequência sobe ao palco, com o público sedento por mais Rock And Roll, a banda Anorexia com o melhor de Silverchair. A banda Anorexia já tem uma grande bagagem na sua carreira, contabilizando 11 anos de muito rock na veia, o que os ajudou a levantar a galera e esquentar ainda mais o ambiente. A Anorexia é formada por Adriano Anselmo, vocal e guitarra, Rafael Magalhães, guitarra e backing vocal, Léo Batera, um Power trio de arrepiar os cabelos e fazer a galera delirar e abrir um mosh, batendo a cabeça sem parar. O guitarrista Adriano disse: “deu para sentir a energia vinda do público”.
Com o circo todo armado a banda Mari Gold invade o palco com seu som poderoso e potente. Mari Gold é uma banda de rock, formada em Minas Gerais, Belo Horizonte, em fevereiro de 2011. Sua formação inclui Filipe Souza (vocal), Kauhe Souza (guitarras), Victor Ramos (guitarras), Ezio Fara (baixo) e Guilherme Caram (bateria). Seus covers são músicas de bandas consagradas do cenário grunge/alternativo como Foo Fighters, Queens of Stone Age, Stone Temple Pilots, Alice in Chains, Faith no More, entre outros.
Segundo o vocalista Filipe Souza: “A essência e a proposta da banda é tocar as músicas que mais marcaram seus integrantes, sejam por motivos políticos, ideológicos, sociais ou pelo próprio Rock And Roll”. A banda soube aproveitar o repertório e incendiou de vez o Holandês Voador.
A banda Reborn, incumbida de fechar a noite, chegou mandando ver com o melhor do Hardcore. Juntos há três meses, Waltim, vocal e guitarra, Tulin, guitarra e vocal, Robson, bateria, Hugo, baixo, detonam músicas de bandas conhecidas como Dead Fish, Raimundos, entre outros e ainda manda seu recado através de músicas próprias com letras recheadas de protestos e críticas à sociedade capitalista e injusta em que vivemos. O ponto alto do show foi quando o Reborn mandou a música “Eu quero ver o oco” dos Raimundos, a galera se agitou e cantou junto com a banda.
O primeiro dia do LEDA ROCKER FESTIVAL, apesar de alguns imprevistos, foi de uma energia incrível, com bandas de alto nível, um público entusiasmado, eufórico e sedento por Rock And Roll e muito álcool, uma equipe de produção guerreira e competente que dá a certeza de que os outros dias do Festival muita coisa boa acontecerá. O público pode se preparar para mais alguns domingos de muita curtição e Rock And Roll.    



Da Redação

Nenhum comentário:

Pelo Mundo

Publicidade

Pagina inicial