Acessos

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

A versatilidade de Alan Curátola

Vamos falar um pouco de quem faz música em Belo Horizonte?

Então, conversei com o Alan Curátola dias atrás, que  diga-se de passagem, é um multi-instrumentista de "mão cheia"!
Ele me contou que vai lançar um trabalho de carreira solo e que está com o pé no estúdio para inicar as gravações. Com muita gentileza, recebi das mãos dele algumas fotos e um pouco do que ele anda aprontado nessa terrinha do "pão de queijo".
O projeto solo do Alan consiste em ELE MESMO tocar todos os instrumentos, gravando a bateria, o baixo, o teclado e os backings vocals, e quando for subir ao palco para se apresentar, ele vai tocar guitarra e cantar. Ele vai fazer essa façanha na gravação de seu álbum, que em breve estará à disposição dos leitores e ouvintes.

Agora, vamos saber mais um pouquinho desse cara genial , um músico extremamente competente e completo?

Alan Curátola
Formado em Canto Lírico pela UFMG, Alan Curátola demonstra, antes de qualquer coisa, versatilidade, em sua carreira musical. O cantor, guitarrista, violonista, baixista, tecladista, baterista e compositor mineiro participou de bandas de Heavy Metal, Folk Irlandesa, Gothic Metal e Rock Progressivo, além de solos em óperas, cantatas e oratórios. Buscando hoje unir toda essa diversidade em um projeto no qual a palavra “solo” é levada ao pé da letra, Alan Curátola agrega a todo esse universo a tecnologia e o prazer de tocar consigo mesmo. Trazendo ao palco arranjos trabalhados, letras que instigam a reflexão e inquietam a mente e sonoridades múltiplas com influências de Pink Floyd, Sá Rodrix & Guarabyra, Mutantes, Oswaldo Montenegro, Radiohead, Genesis, YES e diversos outros, o multi-instrumentista mineiro inicia esse projeto com a liberdade do Rock, a alegria do Folk, o comprometimento e seriedade da música erudita, o estudo técnico do Heavy Metal, a obscuridade e misticismo do Gothic Metal e a esperança de um sonhador.



É Minas Gerais mostrando que aqui nascem e  se criam bons músicos e  que o Rock está mesmo na veia desse povo. "Bão dimais da conta!" 

 Da redação  -  Leda Rocker
 

Texto revisado pelo Prof. Igor Guimarães

Um comentário:

Mah disse...

.o kuadrado eh phoda mesmo! =)

Pelo Mundo

Publicidade

Pagina inicial